40 anos Futura Tintas – Capítulo 40: Carta de Valores

40 anos Futura Tintas – Capítulo 40: Carta de Valores

Enquanto muitas empresas são regidas pelo manual de regras e normas, a Futura é conduzida por sua carta de valores. Há mais de 20 anos, a carta é construída com todo time e renovada regularmente conforme vamos evoluindo nossas condutas.

Carta de valores aqui não é um banner na parede. As decisões precisam estar alinhadas com os nossos valores. As situações difíceis ficam mais brandas quando recorremos a nossa carta.

O Afuturar também foi palco do início das atividades para renovação da carta de valores e essa, provavelmente, estará vigente numa das etapas mais importantes da Futura, que vamos falar mais pra frente.

A carta atual começa com o Amor, considerado por todos o mais abrangente, seguido por Empatia, Respeito, Ousadia e Sabedoria.

Todas as turmas contribuíram para as novas escolhas. Os grupos podiam escolher manter um dos atuais valores ou podiam sugerir novos valores para nos nortear nos próximos anos. 

Cada turma defenderá 2 valores para a escolha final.

Escolhemos o tema Valores para falar da Turma 5, por uma condição especial: se na turma 3 passou pelo curso a Guru do Amor, Márcia, nessa turma temos o Embaixador da Esperança, Agnaldo Tegani. Impressionantemente Tegani só consegue ver as fartas e garante que hoje está bom e amanhã será ainda melhor.

40 anos Futura Tintas – Capítulo 40: Carta de ValoresJunto com ele, Francisco Diniz, nosso químico responsável, que defende que o Amor é um valor fraternal e não deve ficar de fora da carta, dure ela quanto tempo durar. Pois se queremos fazer algo bem feito, esse algo deve ser feito com amor. 

E por falar em fazer tudo com o amor, Cristiane Cherry estava nessa turma. Cherry é do time da Nilda com guarda compartilhada com a Sandra. Tudo que ela faz é sempre com grandes doses de amor e generosidade. Cherry tem visão além do alcance, sempre que alguém precisa de um abraço ou de uma palavra amiga ela aparece.

40 anos Futura Tintas – Capítulo 40: Carta de ValoresDivaldo prova a todo momento que nossos valores não são só palavras num papel. Respeito e Empatia poderiam ser seu nome e sobrenome. Nosso técnico do SAC, viaja ao Brasil atendendo clientes que por algum motivo tiveram problemas com nossos produtos e todas as vezes reverter a insatisfação em boa conversa e acolhimento. 

O Sr. Luiz era um dos veteranos presentes na turma. Na Futura há mais de 20 anos, é grato por tudo que conquistou na vida e pela possibilidade de trabalhar junto com o filho, o mineiro. Pai e filho estavam na Turma 5. Como bons parceiros e amigos uniram seus argumentos e conseguiram eleger para a turma o valor Confiança, defendendo que essa é a base de uma boa relação.

40 anos Futura Tintas – Capítulo 40: Carta de ValoresWilliam, 16 anos de Futura, começou como ajudante e hoje está no laboratório. Defendeu ferrenhamente a Solidariedade porque acha até incongruente esse valor tão presente no nosso dia-a-dia, não constar na nossa carta. Mas como diz o ditado “palavras convencem, mas o exemplo arrasta”, William foi o mais solidário de todos os alunos do Afuturar: participou de sua ação solidária, de todas as outras turmas que fizemos e já se prontificou para participar de outras mais.

Outro químico muito habilidoso que estava na turma era o Célio. Na Futura desde 2012, Célio é o grande mágico das resinas e das cervejas artesanais. Como todo bom cientista, defendeu um valor diferente, a inovação. Acho que a Futura precisa se atirar um pouco mais nesse campo e a presença de valor de impulsionamento na carta poderia nos inspirar. 

40 anos Futura Tintas – Capítulo 40: Carta de ValoresDouglas, colaborador da expedição, com 5 anos de Futura, já aproveitou suas oportunidades e se esforça para conseguir chegar mais longe. Defendeu que o reconhecimento é um valor importante para toda empresa e precisa estar na carta para motivar os novos colaboradores a se desafiarem mais. 

João Bosco, 12º filho de 13 irmãos, contribui com a Futura desde 2011. Também defendeu a inclusão do reconhecimento, acha que o valor pode ser impulsionador. João comemorou recentemente 10 anos de Futura, recebeu uma linda homenagem da esposa que o emocionou profundamente, nessa hora dá pra entender o quanto reconhecimento é alavancador.  

Já o Erasmo, defendia que antes do Reconhecimento vem o Comprometimento. Para ele, uma empresa só evolui com uma equipe comprometida. E se nos basearmos no comprometimento do Erasmo, a Futura vai evoluir muito. Ele é o colaborador que mora mais longe e é sempre o primeiro a chegar. Quando perguntamos se essa vida madrugadora não o cansa, responde que pela Futura vale o esforço.

Francisco, um cearense calado e tímido que está com a gente há mais de 17 anos, está começando a planejar a aposentadoria. Diz que já trabalhou muito e já é hora de aproveitar um pouco. Para ele, o amor é importante, mas a confiança é mais.

Michele, que é colaboradora do financeiro desde 2014. Mãe do Miguel, contribuiu muito com toda evolução da turma 5 no processo de aprendizado. Para ela, a Integridade é um valor que precisa ser incorporado em nossa carta.

Vinicius tem 5 anos de Futura. Brincamos que se o ele continuar organizado e comprometido como é hoje, o mundo será pequeno pra ele. O valor que considera importante é a União, e diz que ninguém chega a lugar nenhum trabalhando individualmente ou não se importando com o que outro precisa. 

40 anos Futura Tintas – Capítulo 40: Carta de ValoresNessa turma também estavam alguns recém-chegados: Anselmo – 10 meses de Futura; Leôncio -9 meses com a gente; Jeisson  – também 9 meses; Robert –  11 meses e alguns dias; Roney – 9 meses; Gabriel – 10 meses. Todos contratados para o segundo turno, para eles é quase tudo novidade, principalmente a liderança sentada com pessoal de outros times para ouvir suas histórias e opiniões. Mesmo sendo novos, não se intimidaram e aproveitaram para esquentar a discussão trazendo propostas novas como Gratidão, Atitude, Humildade, Visão e principalmente Confiança. 

Alegaram que se a Futura não confiasse, nenhum deles estaria escrevendo uma boa história por aqui. 

Com essa boa defesa levaram a melhor. Confiança e Solidariedade serão defendidos pela turma 5 para comporem uma das cartas mais importantes da nossa história. 

Assim que a pandemia nos permitir, um grande evento será realizado com todos os colaboradores para eleger 5 valores e de uma relação de peso: Empatia, Integridade, Respeito, Confiança, Amor, Solidariedade, Ousadia, Comunicação e Unidade. 

Compartilhar este post