40 anos Futura Tintas – Capítulo 37: A voz da Futura

De volta para Posts

40 anos Futura Tintas – Capítulo 37: A voz da Futura

Nesses 40 anos de Futura, o Afuturar foi mesmo um marco. Conhecer mais a fundo toda nossa equipe e capacitá-la ainda mais foi uma experiência incrível neste nosso aniversário.

40 anos Futura Tintas – Capítulo 37: A voz da FuturaCada uma das 7 turmas teve sua marca registrada. A da Turma 2 foi: “vocês nos deram voz”. Apesar de insistirmos que o ambiente na Futura Tintas é seguro e as pessoas têm liberdade e autonomia para apresentar seus pontos de vista, nem todos se sentem realmente prontos para se expressarem naturalmente.

Mas as atividades do Afuturar favoreceram eles falarem o que pensavam, como enxergavam algumas situações e que mudanças gostariam de ver na Futura.

Para os mais novos, foi a grande chance de mostrar o repertório que trouxeram.

Allan era um dos mais falantes, gostava de compartilhar suas opiniões e nos disse que adora ensinar aos colegas e também aprender novas posições de trabalho.  Quanto mais aprende e compartilha, mais certeza tem que contribuiu. 

Alef, que no começo estava bem tímido, no decorrer dos dias começou a mostrar que tinha muito conhecimento e uma visão privilegiada de quem vem de fora e pode fazer mais. Acabou reconhecido pelos colegas como um ajudador. 

Dalila, que hoje atua no laboratório, veio da área de tintas automotivas e a junção das experiências faz com ela tenha um olhar mais abrangente das possibilidades. No Afuturar, compartilhou muito seu olhar e aproveitou para conhecer melhor todos os colegas.

Elias, coração de ouro, adora estudar em casa e aprimorar seus conhecimentos. Tão novinho que na aula de tecnologia não sabia o que era um disquete, ficou tão impressionado que arrancou, dos mais “experientes”, boas risadas. 

Sabe aquelas pessoas que gostam de tudo timtim por timtim.  Pois é, este é o Guilherme! Curioso, com vontade de aprender, se destacou na turma 2 como um dos que mais se expressava nos momentos de conversas e debates. 

40 anos Futura Tintas – Capítulo 37: A voz da FuturaLaelco é daqueles caras que ralou na vida, trabalhou duro para conquistar o que possui hoje. Dono de um coração enorme, se emocionou muito ao contar suas histórias de vida, principalmente sobre o que passou durante a pandemia. Gratidão à Futura foi o que ele mais exaltou: em um momento difícil de sua vida profissional, foi acolhido e isso foi muito marcante.

Israel e Valter não tão novos de casa como os colegas acima, marcaram presença no processo na discussão da nossa nova carta de valores, como os defensores do valor INTEGRIDADE, que defenderam com muito afinco.

Cleiton, que começou na Futura como ajudante geral e três meses depois já estava no controle de qualidade, é formado em técnico em química e pretende fazer faculdade em breve. Estudar é sua prioridade, então aproveite cada conhecimento sentado entre os colegas.

Toninho trabalha na manutenção e está na Futura Tintas desde 2004. Impressionou a turma com sua perspicácia. Falava pouco, mas sempre fazia apontamentos enriquecedores. Mostrou-se muito ético e responsável. 

Na turma 2, tinha também o David, professor técnico da Universidade Futura Tintas. Menino que é puro entusiasmo e alegria. Ele se dedica muito ao aprendizado, mergulha de cabeça. Quando em 2016 foi aluno da Academia do Pintor, se destacou por essas características e isso abriu os caminhos para ele se tornar um dos nossos. 

Natália começou sua jornada na Futura pela Universidade também, mas hoje está no time comercial. Aproveitou os dias para matar saudades dos ex-companheiros de equipe e para se colocar no lugar de tantos pintores que ela recepcionou durante seu tempo como acolhedora na Academia, a carteira da sala de aula.

Outra das poucas mulheres da turma, Erika, não chegou agora na Futura, mas chegou recentemente no time de marketing. Falante, participativa, interessada, foi flagrada já no dia seguinte a aula de limpeza e organização botando ordem em algumas bagunças pessoais e da equipe.

A pontualidade e comprometimento com o trabalho também veio com o Neilson para o Afuturar. Um dos pais mais dedicados da Futura, com certeza levou das aulas ensinamentos fundamentais para partilhar com os dois filhos que cuida sozinho.

40 anos Futura Tintas – Capítulo 37: A voz da FuturaTodo o processo aconteceu sob rigoroso cuidado com a pandemia, por isso as máscaras não desgrudam dos nossos rostos em nenhum momento. Disso nasceu a grande confusão entre José Martins e José Nilton. Além de muito parecidos no olhar, o melhor foi vê-los também muito iguais na compenetração nas aulas e na grande vontade de ajudar a todos.

Se dava para confundir esses dois, Wadison era inconfundível. O grandão do grupo chegava sempre sorridente e, mesmo com uma certa timidez, entregou-se por inteiro na atividade de fechamento do curso.

Os mais antigos de casa aproveitaram para mostrar aos novos a nossa cultura. A líder Nidinha, o Coloridor de Negócios Leandro e o Juraci, os três de quem já falamos em capítulos anteriores, souberam compartilhar a experiência adquirida com tantos anos de empresa e se alimentar das novidades dos mais recentes.  

E assim, de turma em turma, vamos contando um pouquinho do nosso elenco. Os textos podem até ficar mais longos, mas o Linkedin é mesmo uma rede social sobre profissionais e suas histórias.  Aqui não é só um bom lugar para recrutadores conhecerem os profissionais, é também um ótimo lugar para bons profissionais conhecerem mais intimamente algumas empresas e como é a vida da porta pra dentro.

Então, nos próximos capítulos, tem mais um monte de gente interessante que vai virar personagem.

Compartilhar este post

De volta para Posts